[hs-blog id=3241783897 limit= cols= showtext=0]

Assessoria de Imprensa para Startups, PMEs e Franquias

Assessoria de Imprensa: 3 segredos para o sucesso

14/set/2018 13:36:59 / Autor - Michel Bekhor

Michel Bekhor

Sucesso em Assessoria de Imprensa

Quando empresas e profissionais procuram uma agência de assessoria de imprensa, o objetivo é fortalecer o nome e a marca no mercado e junto ao público. Quando o resultado do trabalho é positivo,  com divulgação orgânica em veículos de imprensa relevantes, funciona como uma alavanca para o sucesso do empreendimento. Mas como garantir esse bom resultado?

"Tema, narrativa e estratégia ajudam a aumentar taxa de acerto na divulgação"

A verdade é que mesmo a melhor assessoria de imprensa desempenha uma atividade que envolve imprevisibilidade, mas há três critérios fundamentais para ter sucesso na divulgação de um negócio, produto ou novidade em geral.

1. O Tema - Planejamento de Pauta

No jargão do jornalismo, o tema é “a pauta”. É o assunto desenvolvido, o ponto central de uma história - no caso da assessoria de imprensa, do release. Ela precisa captar a atenção do jornalista ao mostrar a relevância e o motivo de ser interesse do público em geral. Alguns fatores ajudam a definir isso: novidades, valores monetários, ineditismo, entre outros.

"É possível anunciar o lançamento de um produto ou falar sobre um novo modelo de negócios"

Isso significa que divulgar uma empresa não é só escrever sobre ela. É preciso que haja algo interessante a ser dito. A pauta não é a descrição da atuação do cliente, mas está direta ou indiretamente relacionada a ele. É possível anunciar o lançamento de um produto ou falar sobre um novo modelo de negócios e posicionar a empresa nesse movimento, por exemplo. Ainda, também pode-se abordar um problema de saúde para reforçar a posição de um médico como especialista na área.

A periodicidade com que isso ocorre varia conforme o ramo e área de atuação - o que explica por que o modelo tradicional de assessoria de imprensa, com contratos fixos mensais, não se adequa a todos os clientes.

Cases de Sucesso de Divulgação de Startups

2. A Narrativa

Depois que o ponto central da história é escolhido, é a hora de definir como contá-la da melhor forma. Com a disputa acirrada pela atenção dos leitores, o primeiro parágrafo - de novo no jargão, o “lead” - deve cativar a fazer com que o interlocutor siga até o fim. Vale utilizar anedotas, relacionar estatísticas semelhantes, usar um trocadilho engraçado ou – a depender do caso – ser curto e grosso.

Para além do lead, é necessário que o texto esteja bem escrito e impecável do ponto de vista gramatical e ortográfico. Da mesma forma, precisa estar bem construído e expor o tema de forma clara, o porquê de sua importância e argumentos que explicam a relevância da empresa dentro daquele contexto. Uma ressalva importante: tudo isso dentro de uma linguagem jornalística - adjetivos e arroubos publicitários passam longe.

No entanto, o profissional da assessoria de imprensa tem conhecimento sobre táticas que ajudam a ir de encontro com o objetivo da divulgação, com expressões que estão na moda e até buzzwords. Do ponto de vista da integração com estratégias de marketing digital, ainda é razoável pensar em SEO, ou seja, utilizar os termos certos para melhorar o posicionamento da empresa em plataformas de buscas.


VER CASES DE SUCESSO


3. O Relacionamento com a mídia

Por mais que tema e narrativa estejam afiados, de nada adianta tentar fisgar um elefante com uma vara de pesca. Do ponto de vista da assessoria, é fundamental identificar quais canais de mídia são os interlocutores mais adequados para o assunto divulgado.

Isso não significa apenas segmentar as pautas por editorias, ou seja, só tratar de construção civil com veículos do segmento. A depender da amplitude do tema - para ficar no exemplo acima, uma nova tecnologia sustentável -, ele pode ressoar em veículos de todos os tipos. Por sua vez, quando o objetivo é link building, inserção de links do cliente para melhorar o rankeamento em buscadores - SEO, todo resultado é válido, desde que em sites de qualidade e autoridade.

Também é sensível a capacidade dos assessores de identificarem uma pauta quente o suficiente para valer uma exclusiva, isto é, priorizar na divulgação um canal de mídia mais expressivo que exige um material em primeira mão. Nesse caso, a publicação é negociada com um veículo antes de ser divulgada para os demais. Pode demorar mais, mas vale a pena quando dá certo. 

Além disso, é necessário avaliar o timing da divulgação para potencializar o material. No varejo de eletrônicos, é difícil para alguém que lança um novo produto disputar atenção com as promoções da black friday – valeria mais a pena associar os dois tópicos. Por outro lado, quando todos estão falando de um mesmo tema - o Natal, digamos -, é uma boa pedida encaixar uma história sobre a empresa com esse viés.

Com a devida atenção a esses três fatores, as chances de sucesso no trabalho com a assessoria de imprensa são grandes. Ainda assim, há um quarto elemento que precisa ser levado em consideração e nunca pode ser controlado.


AGENDE UMA REUNIÃO ON-LINE


O Imponderável

Como dito, a imprevisibilidade faz parte da natureza do jornalismo. Por mais que haja um planejamento extensivo, há o risco de um dos veículos almejados ter feito pauta semelhante recentemente e declinar o tema sugerido para não ser repetitivo. Ou ainda algum acontecimento inesperado que domine o noticiário, como um acidente de avião ou um escândalo político.

Do outro lado da linha, o humor do jornalista também influencia a receptividade do material. Sempre há o risco de ele estar focado na cobertura de temas diferentes daquele ao qual o release está ligado, assim como existem dias ruins de trabalho, em que nada agrada. Profissionais de todas as áreas passam por isso.

No caso da aprovação do tema, é primordial ter em mãos um bom material de acompanhamento, pois o site, jornal ou revista pode fazer questão de fotos e vídeos com uma boa resolução. Além disso, é preciso estar disponível para dar entrevistas, caso contrário, o interesse do jornalista pode sumir rapidamente.

Não há como garantir 100% de sucesso

Apesar dos esforços da assessoria de imprensa, não há como garantir 100% de sucesso. Na hora da dúvida sobre contratar ou não esse serviço, alguns cuidados ajudam na decisão:

  1. Converse de maneira franca com os profissionais da assessoria de imprensa sobre o potencial do tema a ser divulgado e realidade das expectativas com a campanha.
  2. Esteja aberto a realizar ajustes na estratégia de divulgação - o que inclui mudar o foco proposta para o release.
  3. Avalie os clientes, resultados e histórico da assessoria de imprensa que pretende contratar para identificar paralelos e empresas que fizeram uma divulgação semelhante e entender o alcance do trabalho.
  4. Por fim, esteja pronto para bancar o risco. Mesmo com o vento a favor e a melhor equipe de trabalho, um bom resultado com assessoria de imprensa não pode ser comprado. Ele precisa ser conquistado.

A Press Works tem um modelo de assessoria de imprensa que pode ser contratado de forma avulsa próprio para PMEs, startups, franquias e profissionais liberais

 

AGENDE UMA REUNIÃO ON-LINE

 

Topics: melhor assessoria de imprensa

Michel Bekhor

Escrito por: Michel Bekhor

Michel Bekhor é jornalista e fundador da assessoria de imprensa para startups Press Works (www.pressworks.com.br). Já trabalhou em empresas como SAP, Oliver Wyman e A.T. Kearney, e na startup AlôHelp. Formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas, em Marketing pela University of New South Wales e certificado em Assessoria de Imprensa pelo Senac.